Órgãos municipais e estaduais realizam Operação Integrada pela Vida

 

 

Foto: Tácio Melo

Órgãos municipais e estaduais deflagraram na noite deste sábado, 18, a Operação “Ação Integrada Pela Vida”, para combater a embriaguez ao volante, venda e consumo de bebidas alcoólicas em locais proibidos, o tráfico de drogas e a permanência de menores em locais impróprios. Alguns dos principais pontos de concentração de pessoas e vias com alto índice de mortes provocadas por acidentes de trânsito foram fiscalizados.

Participaram da operação o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) em parceria com o Departamento de Trânsito do Estado do Amazonas (Detran-Am), além das secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento (Sempab), de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Departamento de Vigilância Sanitária (Visa Manaus), Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), Procon Municipal e Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), além do Conselho Tutelar, Polícias Militar, Civil, Corpo de Bombeiros e Juizado da Infância e Adolescência.

Segundo o diretor-presidente do Detran-Am, apenas no primeiro trimestre deste ano, o órgão já registrou um aumento de 26,15% no número de vítimas fatais em acidentes. “Nós queremos hoje atacar a fonte do problema, ou seja, álcool e direção. Casas de show, postos de gasolina onde jovens consomem bebidas alcoólicas e saem pra dirigir correndo o risco de matar ou morrer no trânsito e pontos de grande concentração de pessoas estão sendo fiscalizados e serão fiscalizados em operações realizadas rotineiramente por nós”, afirmou Leonel Feitoza.

Um dos pontos de fiscalização foi a Praça do Caranguejo, no conjunto Eldorado, Zona Centro-Sul. Bares que haviam sido interditados pelo poder público na última quinta-feira, 16, estavam funcionando de forma irregular e voltaram a ser fechados. Carros e motocicletas foram autuados pelo Manaustrans por estacionamento irregular. Em um posto de gasolina localizado no bairro Parque 10, um motorista foi encaminhado ao 12º Distrito Integrado de Polícia por porte de entorpecente e embriaguez ao volante.

“Pra nós não é surpresa. Sempre que a nossa equipe sai à noite para fiscalizar encontra álcool, droga, menores, prostituição. Agora, nós estaremos trabalhando de forma integrada, com órgãos do estado e do município para combater, diuturnamente, esse tipo de delito. Nós temos que trabalhar na prevenção para evitar a repressão”, declarou Pedro Florêncio, secretário adjunto de operações da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas.

A loja de conveniência do mesmo posto foi notificada pelo Departamento de Vigilância Sanitária e pelo Procon por falta de documentos e licenças. A operação que seguiu até às 4h da manhã resultou na apreensão de dois táxis piratas pela SMTU, remoção para o parqueamento do Manaustrans de 31 motocicletas e 10 carros, todos com documentação vencida, autuação de 21 veículos por estacionamento irregular e a interdição de duas casas de forró: “Casa da Mamãe” e “Cafuné Show Clube”, ambas na zona Leste, por não possuírem alvarás de funcionamento.

“Nós estamos fazendo toda a parte de verificação de veículos, documentação, combatendo o estacionamento irregular e principalmente, procurando evitar que condutores embriagados peguem o volante e saiam dirigindo pelas ruas da cidade. A Operação não vai terminar por aqui, nossa meta é realizar essas blitz todos os fins de semana e com isso reduzir as mortes no trânsito”, concluiu o diretor-presidente do Manaustrans, Paulo Henrique Martins.

Últimas Notícias