Manaustrans atua durante manifestação dos trabalhadores da construção civil e monta monitoramento para futuras interdições no trânsito

Agentes posicionados antes da paralisação.

Desde as primeiras horas desta terça-feira, 22/8, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) monitorou o tráfego durante a manifestação dos trabalhadores da construção civil. Por volta das 8h, os trabalhadores ocuparam, temporariamente, a avenida Mário Ipiranga, na altura do restaurante Frango

Desvio de fluxo, durante fechamento da via pelos manifestantes.

Xadrez, na zona Centro-Sul da capital. Os manifestantes interditavam o fluxo por, aproximadamente, três minutos e, em seguida, liberavam o tráfego. Perto das 9h, a manifestação foi encerrada.

Durante todo o protesto, os agentes do Manaustrans sinalizaram a área e monitoraram o trânsito. Quando o movimento grevista fechava a avenida, outra equipe de agentes, posicionada no viaduto Miguel Arraes, desviava o fluxo para a rua Maceió, no sentido Centro. Quando os trabalhadores desocupam a via, os agentes liberam o acesso para a av. Mário Ipiranga. A Faixa Azul foi liberada na avenida enquanto durou o protesto.

Monitoramento dos principais corredores de tráfego.

O Manaustrans manterá suas equipes em alerta durante todo o dia para atuarem em possíveis novas interdições no trânsito pelos trabalhadores.

Fotos: Manaustrans/Divulgação

Últimas Notícias